Artroscopia

Artroscopia

A artroscopia é um procedimento diagnóstico e cirúrgico minimamente invasivo realizado para problemas articulares. A artroscopia do ombro é realizada usando um instrumento do tamanho de um lápis chamado Artroscópio. O artroscópio consiste em um sistema de luz e câmera para projetar imagens em uma tela de computador para o seu cirurgião visualizar o local cirúrgico. A artroscopia é usada para tratar doenças e lesões envolvendo ossos, cartilagens, tendões, ligamentos e músculos da articulação do ombro.
 

Visão Geral da Doença
 

A articulação do ombro é composta por uma junta tipo esfera e soquete, onde a cabeça do úmero (osso do braço) articula-se com a cavidade da escápula, chamada glenoide. As duas superfícies articulares dos ossos são cobertas com cartilagem, o que evita o atrito entre os ossos permitindo o movimento suave. Tendões e ligamentos ao redor da articulação do ombro proporcionam força e estabilidade à articulação. A lesão e a doença nos ossos ou nos tecidos moles da articulação do ombro podem tornar o ombro instável e levar a dor, inflamação e mobilidade reduzida.
 

Indicações
 

A artroscopia do ombro é indicada para tratar as seguintes condições de ombro quando o tratamento conservador, como medicação e terapia, não consegue aliviar a dor e a incapacidade:

  • Impacto no ombro: isso ocorre quando os ossos do ombro (úmero, acrômio, glenóide, coracóide) aplicam uma pressão sobre os tecidos moles subjacentes quando o braço é levantado.

  • Lesão do manguito rotador

  • Lesão do tendão do bíceps

  • Ombro congelado (capsulite adesiva) ou rigidez da articulação do ombro

  • Instabilidade do ombro, isto ocorre quando a cabeça do osso do braço desliza para fora da cavidade da glenóide, seja por lesão traumática ou uso excessivo.

  • A ruptura ou degeneração do tendão do bíceps

  • Cartilagem e/ou ligamentos lesionados

  • Esporão ou alterações ósseas

  • Artrose (artropatia) da articulação acromio-clavicular

Seu cirurgião realiza a artroscopia do ombro sob anestesia geral ou regional. Você pode estar posicionado deitado de lado com o braço apoiado ou sentado em uma posição parecida com cadeira de praia. O líquido estéril é injetado na articulação do ombro para expandir a área cirúrgica para que seu cirurgião tenha uma visão clara do espaço e consiga manipular os instrumentais cirúrgicos. Orifícios de mais ou menos 1-2 cm são feitos no ombro e o artroscópio será inserido. Seu cirurgião pode visualizar imagens capturadas pela câmera no artroscópio em um monitor grande. Os instrumentos cirúrgicos são introduzidos na articulação através dos outros orifícios. Após a cirurgia, os instrumentos são removidos e as incisões são fechadas com pontos ou pequenas fitas adesivas estéreis.
 

Cuidados pós-operatórios
 

Após a cirurgia, as pequenas incisões cirúrgicas levam alguns dias para se cicatrizar e o curativo cirúrgico é substituído por Band-Aids. O tempo de recuperação depende do tipo e extensão do problema para o qual o procedimento foi realizado. Medicamentos para dor são prescritos para mantê-lo confortável. O braço do ombro afetado é colocado em um tipóia por um período. A reabilitação é recomendada para melhorar a mobilidade e a força dos ombros após a cirurgia.
 

Vantagens
 

As vantagens da artroscopia em relação à cirurgia aberta com uma grande incisão incluem:

  • Menor dor

  • Menores complicações

  • Estadia hospitalar mais curta

  • Recuperação mais rápida
     

Riscos e complicações
 

As complicações da artroscopia do ombro incluem infecção, danos aos nervos ou vasos sanguíneos nas proximidades ou cura retardada após a cirurgia. Em certos casos, a rigidez da articulação do ombro pode ocorrer após a cirurgia. É importante participar ativamente da sua fisioterapia para evitar que isso ocorra.

Faça o agendamento da consulta.

Clínica Pólus 

  • Instagram ícone social
  • LinkedIn ícone social
  • Facebook ícone social

As informações desse site tem objetivo puramente informativo e não isenta a necessidade de consulta a profissional capacitado e habilitado.